Alternativas para a inclusão digital

11, julho, 2007 at 10:29 pm 1 comentário

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Brasil possui 40 milhões de computadores e, de acordo com o Ibope/Netratings, 18 milhões de pessoas acessam a internet de casa. Ou seja, a grande maioria da população brasileira não usa computadores, não navega na internet, não tem email e não faz compras online. Apesar dos esforços do governo para popularização dos PCs, incluindo datacentros e redução de impostos, está claro que a inclusão digital ainda tem um longo caminho pela frente. O mercado das pessoas conectadas está restrito à população de alta renda dos grandes centros.

Por outro lado, temos 105 milhões de usuários de aparelhos celulares (números de Junho/07 da Anatel), sendo que mais de 60% deles possuem renda inferior a R$500,00/mês (pesquisa da Vivo). A exemplo de outros países em desenvolvimento como a Índia, o celular é uma ótima oportunidade de se reduzir o gap de conhecimento tecnológico da população. Infelizmente, apenas 7% do que se gasta na conta de celular é relativo a dados. Um dos principais motivos é o custo. O megabyte trafegado pelo celular custa em torno de R$7,00 e um SMS sai por volta de US$0,15. Uma pesquisa da UIT analisou o custo do SMS em 186 países. O Brasil ficou em 151° lugar! Não por coincidência, na Venezuela, onde o SMS custa cerca de US$0,04, cada celular envia por mês 140 mensagens. Aqui, esse número não passa de 6. Uma ação para redução desses custos abriria as portas da internet para dezenas de milhões de brasileiros e, de quebra, tornaria acessível às empresas uma legião de consumidores.

Soluções de SMS-Business são um promissor gerador de negócios. Promoções via celular (Bolão do Faustão, Dá-dá-dá) já mostraram a eficiência desse canal. Bancos já começam a se mexer, criando serviços de mobile banking e mobile payments. O consumidor está aí, conectado o tempo todo, ainda sem saber direito o que fazer com todos os botões e funções de seu aparelho. Quem se habilita a ensiná-lo?

Se você gosta desse tipo de estatística, visite a página de índices do IDGNow. Boa parte do que está escrito aqui veio de lá.
Para saber mais sobre o mercado de telefonia celular, viste o Teleco e o UCel.

Anúncios

Entry filed under: Governo, Mobile, Negócios, Opiniões, Tecnologia, Web.

E lá vem a Web 3.0 (a.k.a. Web Semântica) O blog não tem sobrenome

1 Comentário Add your own

  • 1. Rafael  |  12, julho, 2007 às 9:57 am

    As operadoras Brasileiras precisam urgentemente reduzir as tarifas, pois estamos cada vez mais atrás dos mercados de primeiro mundo. Já tivemos um exemplo com o WAP, que foi muito prejudicado devido as tarifas. Hoje as operadoras tentam investir novamente nesse modelo, com pacotes de 4mb por R$ 9,90.

    Com a chegada de TubePhone, Iphone, celulares 3g, as operadoras terão que baixar esses valores, pois o trafégo de dados será muito maior.

    Vamos aguardar !!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Cadê o texto que eu vi aquele dia?

julho 2007
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Alguns links....

RSS Um pouco de tudo

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Feeds

Blog Stats

  • 36,670 hits

%d blogueiros gostam disto: